segunda-feira, 12 de março de 2018

Morri

Resultado de imagem para mulher triste
Morri para o mundo,
mas não nasci para deus,
não nasci para deuses,
não nasci para ninguém...
Quantos erros profundos,
Nada vale a pena,
Nada era meu,
A benção é do ateu.
Maldita mania,
Maldita menina,
Maldita esperança,
De viver todo dia.
Morri por dentro,
Morri sozinha,
Na poça de sangue,
Que me faz qualquer uma.
Não sou puritana,
Mas que valor isso tem?
Não sou um santa,
Mas tudo em troca do amém?
Morri nos braços dos sonhos,
Esse mundo é pesado demais para mim.
Esse mundo é cruel, mentiroso...
Esse é o mundo dos outros.
Morri, mas não chore,
Não contem a ninguém.
Morri e morreram muitos poréns.
Nada é meu,
Nenhum lugar me acolhe,
Eu não me encaixo,
Nunca me acho.
Sigo morta,
tomando café...
Fingindo saber
pra onde leva essa tal de fé.
Não quero velório,
Já estou velando meus sonhos.
Não quero enterro,
Nem flor, nem nada.
Quero que suas lágrimas,
molhem minhas palavras.
Talvez estejamos todos mortos,
Talvez os deuses velem nossos corpos.

sexta-feira, 9 de março de 2018

Momento

Resultado de imagem para lagrima
Não era esse,
Não era essa,
Não era ele,
Não era ela.
Aguarde o próximo
ônibus, emprego, amor.
Fica pra próxima,
Depois eu te ligo.
Somos passagens,
Mas eu sou flutuante.
Alguns são paisagens,
Eu sou um instante.
Nessa passagem de vida,
Nada levo comigo,
Nem o que eu vivi,
Nem o que pensei ter vivido.
Não era nunca,
Sempre nunca.
Escolhe ou nunca.
Agora ou morra.
Não era meu,
Seja quem for,
Seja o que for,
Seja eu flor.
Não era céu,
Eram nuvens.
Se todos somos passageiros,
Porque eu flutuo entre todos?
Levanta menina,
Saia do chão,
Não há felicidade eterna,
Há lágrimas no chão.
Eles tem amor, bondade, se encaixam.
A gente nunca menina,
Eles não te conhecem, eles acham...
São também passageiros querida,
Nessa dança sem som.
Morrem falsas promessas,
Você sempre pertenceu ao mundo,
Eles que não queriam que você soubesse disso.
Não foi você,
Sempre foram eles...

Era pra ter sido...

Resultado de imagem para menina olhando retrovisor

Se não é para ser…
Então nunca é.
O existir só faz parte,
Do ser como é.
Ainda que fosse cedo,
O passado não é uma benção.
Muitas vezes um alívio,
Apenas por não ser mais.
Isso não era para ser...
Se fosse teria dado certo.
Seriam essas palavras soltas,
Para que não venha o desespero?
Se não é para ser...
Talvez não haja um formato.
Talvez a gente vá desenhando,
No passo o nosso traço.
E se foi mas não é mais,
Creio que não foi de fato.
Se tudo é aprendizado,
Como pode existir algo errado?
Muitas vezes fomos nada,
Só não sabíamos dessa fragilidade.
Muitas sorrisos escondem lágrimas,
Na angustia da infelicidade.
Só comigo que não é?
Só o que foi e não é mais tem valor?
Foi porque nasci mulher,
Foi porque não sei sobre amor...
Era pra ser sim,
Era pra ter sido e não foi.
Parece que há um caderno escrito,
Que a gente adivinha o depois.
Eu nunca sei o que era pra ter sido,
Até porque, sendo como foi, acabou.
Sozinha eu sempre sigo.

Era pra ter sido, engraçado isso, quando a vida em si já não é, já não sou.

domingo, 22 de outubro de 2017

Presença

Imagem relacionada

Não sabia a diferença entre a presença
e o nunca estar.
Eu não soube desde sempre,
Eu nunca estava lá.
Só algo que já passou,
Ou sempre o que está por vir.
Só alguém que não ficou,
É tudo que está em mim.
Sempre atrasada,
Adianta ou ansiosa.
Sempre errada,
Menina sem jeito, atrapalhada.
Nunca dentro de um momento,
Sempre eu mesma a reação,
Um poço de ressentimento,
Sem saber o que é perdão.
Sempre amém para os demais,
Será que assim ficou bom?
Cadê a minha paz,
Onde coloquei o meu coração?
Mas se alguém me quer,
Quem sou eu para rejeitar?
Sempre a escolhida,
Sempre a sem escolhas.
Foram embora e deixaram,
Eu não era presença,
Eu estava na bolha.
Estar aqui e no agora,
Sentindo o passado atrás,
Sabendo que sou uma forma de manifestação,
De algo muito maior.
Alivia a minha mente,
Desse apego ao nada,
Esteja sempre onde estiver,
Não viva num conto de fadas.
As mágoas e opiniões,
No fundo são só pessoas...
Faça o bem, viva leve,
O resto é passageiro.
Tudo tem seu tempo,
Tudo vale a pena,
Tudo tem seu preço,
Esteja na presença.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Rei

Resultado de imagem para deus rei

Acaba com tudo,
acaba com isso,
Ó poderoso, rei dos reis.
Acaba com o mundo,
Ou muda tudo,
Ó poderoso, eu sou, eu sei.
Será que está assistindo,
Qual prazer isso lhe dá...
Será que mora em todo mundo,
Qual a maldade escolheu inventar.
Se fosse eu criador
Não teria criaturas sem amor.
Mas dão o nome de liberdade,
E ficam expostas as verdades.
Olho para o céu, ou para o mar.
A perfeição é tanta...
Mas está difícil caminhar.
Dói a garganta, arranha.
Se eu soubesse que é bom o lado de lá,
Eu iria agora mesmo.
Mas será a fé apenas um desespero
da vida adulta na infância.
Acaba com a dor, ou me ensina
Como ser daquelas pessoas que sabem sorrir.
Se existe uma luz de verdade aí em cima,
Ilumina o mundo e caia sobre mim.
Será a vida somente isso,
Luta e respira tão pouco.
Ainda bem que o amor é ilusão,
Pois só ilusões dão sentido a esse mundo tolo.

sábado, 9 de setembro de 2017

A morte da menina

Resultado de imagem para menina morta tumblr

Morreu ela.
Coitadinha.
A menina,
menininha.
E agora,
Quem enterra?
Quais as culpas,
morrem com ela?
Você que vive,
Me diga por favor,
Como é viver
Sem ser digno?
Morreu você,
Morreram todos.
Andam sem saber,
Que todos somos.
Somos culpados
e inocentes,
Sangue derramado,
Vida inconsequente.
Você é melhor que o morto?
Na escala de quem?
Você se faz melhor que outro,
só por rezar e dizer amém?
Amém uns aos outros,
malditos infelizes.
Não adianta fazer tatuagem,
nas suas cicatrizes.
Vocês a mataram,
Ela morreu sem saber.
Que com a força que ela tinha,
não dependia de vocês.
Morram nos seus casamentos,
morram nas suas rotinas,
Mas não se achem mais vivos,
Que aquela formalizada morta menina!

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Serei essa

Resultado de imagem para mulher triste pensando de costas

Serei sempre essa,
Serei sempre a perda.
Serei sempre a que muda,
para ser a mesma.
Serei sempre a passagem,
Sou uma chuva.
Serei sempre a ilusão,
Serei sempre a surda e muda.
Serei sempre a que não sabe,
De que adianta tanto saber?
Serei sempre a que não cabe,
No mundo e modo de viver.
Serei sempre a que nunca foi,
Serei aquela que nunca fui;
Serei sempre a escuridão,
e sempre minha própria luz.
Ainda que veja beleza
Nas pequenas coisas da vida.
Serei a incerteza,
A morte sem despedida.
Somos todos passagens.
Mas para onde estamos indo?
Serei a que nunca sabe,
Qual estrada está seguindo.
Serei sempre a que fica.
Em algum lugar que desconheço.
Serei a que despreza a luta,
e luta por nada que mereço.
Serei a perda, o sangramento.
O aborto retardado do filho não gerado,
A luz seca que fura os olhos,
A inocência que não sobrevive ao caos.
Serei aqueles que passaram por mim,
Serei aquela doce vingança.
Serei a que rouba os sapatos alheios,
e que sobre estilhaços ensaia uma dança.
Serei o resultado de tudo que perdi,
Muito mais do que o que ganhei.
Serei orgulhosamente apresentada,
Como o resultado do que eu falhei.
Serei nada, porque ninguém é,
Sempre estamos e nada somos.
Serei o nada, apenas mulher.
Sendo esse tudo o que me consome.
Serei mais do que as consequências,
Serei a dona de todos os nãos.
Serei o apego a independência.
A compreensão de tudo em vão.
Serei o ar da manhã e dor da noite.
Serei o que é toda mulher,
Um misto de sentimentos,
Serei a que quer não querer e não quer.
Serei a escolha sem alternativa,
Serei de ninguém só para ser minha.
Serei tanta perda de sangue estancado.
Serei mais que a pessoa ao meu lado.
Serei essa que pede perdão,
Mas que não aprendeu a perdoar,
Serei a que arranca um coração,
Na contradição de tentar amar.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Pobre Menina

Resultado de imagem para menina de trança

Pobre menina...
Nada soube da vida,
Não soube do amor,
Não achou a saída.
Pobre menina...
Sorria amarelo,
Caiu de joelhos,
Nunca levantou.
Pobre menina...
Tranças compridas,
Tarefa cumprida,
Rua vazia.
Pobre menina...
Magoada com o mundo,
Chorou absurdos,
Ninguém estava lá.
Pobre menina...
Nada fez direito,
Nunca acertou,
Tão cheia de defeitos.
Pobre menina...
Seu amor não vale nada,
Bebe águas passadas,
Está se afogando.
Pobre menina...
Seu sorriso esconde um desespero,
Toda noite tem pesadelos,
Nunca soube se encontrar.
Pobre menina,
Esperou felicidade,
Foi só metade,
Não se deixou ser inteira.
Pobre menina rica,
Pobre menina pobre,
Pobre menina iluminada,
Pobre menina mal amada.
Pobre menina mulher,
Pobre inocência explorada.
Pobre maldade tão doce,
Pobre sonhos no chão,
Pobre amor de outrora,
Pobre de quem tem coração.
Pobre falta de amor,
Pobre é toda ilusão,
Pobre menina linda,
Nunca soube o quanto é linda.
Pobre vida que morre,
Pobre morte pedida.
Pobre menina...
Nunca soube se amar,
Só precisava saber de si,
Para aprender a voar.
Pobre de quem corta as asas,
Pobre de quem não aceita a dor.
Pobre de quem tem riqueza,
E é pobre de amor.

Sentir e Ser

Resultado de imagem para passaro voando sombra

Tudo bem se o mundo acabar amanhã,
Tudo bem se ele nunca se esvair.
Tudo bem se você for embora,
Eu nunca vou te impedir.
Tudo bem se ninguém ficar,
Eu sou sozinha mesmo.
Eu fiz questão de coisas que nem lembro,
Eu não soube dar um tempo.
Essa história de dar tempo ao tempo,
Quem consegue saber?
Eu espero morrer em paz,
Pela aceitação do aprender.
Nem sempre essa vida faz sentido,
Troquei de fantasia e nem sei
Qual  realidade eu fiz,
Qual a verdade que deixei para trás?
Todos passam por aqui,
Eu sou apenas um caminho.
Pisaram nos meus sonhos,
e meu coração está vazio.
Tudo bem se esse amor acabar,
É isso que eu espero dele.
Tudo bem se eu sentir no coração,
Sou grata por aprender sobre a gratidão.
Tudo bem se amanhã eu morrer,
Seria um alívio para meu futuro incerto.
Mas se a certeza da vida é a morte,
Quem você tem de fato?
Tudo bem se parece que nunca,
Eu me acostumei a contornar pedras.
Sou um rio seguindo para lugar nenhum,
Sem um mar para encontrar.
Pode me culpar, se isso te fizer bem.
Eu já não me importo com o externo.
Dentro de mim encontrei alguém,
Que é um ser eterno.
Tudo bem se o mundo acabar,
O meu mundo já sofreu tsunamis e furacões.
Nem sempre todo mundo estará bem,
Sorrisos escondem corações.
Antes do mundo acabar,
Eu aprecio a paz de não desejar.
Deixe-me nesse vazio calculado,
Eu sei que posso voar.
Talvez o mundo não acabe amanhã,
Talvez eu seja feliz.
Tudo bem se você navegar,
Eu tenho na alma a cicatriz.
Talvez não  acabe o mundo,
Eu é que preciso transcender,
Eu preciso descobrir o que vem depois,
Você se vai, eu preciso ser.
Não ter, pensar, falar...sentir e ser.



quarta-feira, 10 de maio de 2017

Mais Um Rapaz

Resultado de imagem para homem amando

Só me amam me deixando.
Só me consideram indo embora.
Só me querem me desprezando.
Só é inverno sem aurora.
Só é passado se não fizer diferença.
Só é futuro se for mais do que pensa.
Só é verdade se alguém desacreditar.
Só é mentira se voltar.
Só é começo se nunca foi.
Só é recomeço se houve perdão.
Só é erro se magoou.
Só é aprendizado se apertou o coração.
Só é saudade se ficou eterno.
Só é momento se tiver valor.
Só é ilusão se for correspondido,
Se for inútil deve ser esse tal de amor.
Só me amam me largando.
Só é amigo me deixando.
Só faz falta se for eterno.
Se for um dia, deixa estar.
Só é o que é, se for de fato.
Só é amor se sair do retrato.
Só é filho se veio de um parto.
Só é mãe se amar de fato.
Só é amor se for real.
A ilusão é mais macia.
Só faço falta depois que eu fui.
Só é desencontro, se foi bom um dia.
Só me amam com palavras.
Só é palavra se for escrita.
Só tem valor se  acabar.
Só tem choro, se houver despedida.
Nem todo partir é um rompimento.
Só é final, se não for recomeço.
Só é agora, se não foi de qualquer jeito.
Só é para mim, se eu mereço.
Só é amor, se eu sentir,
Se for você, é tanto faz.
Só é história de amor se for ser feliz,
Se não, é só mais um rapaz.

Pequeno Amor

Resultado de imagem para menina pequena chorando

Existe uma tristeza boa.
Me atrevo a nomeá-la.
É uma mistura de saudade e nostalgia,
Com um alívio de ter passado.
Existe um eterno não existir em mim,
Como se tudo que chegasse já se despedisse.
Existe um amor selecionado,
Porque amar dói a mim.
Nunca há importância no coração alheio,
Sempre é depois para os meus anseios.
Existe um grande amor pequeno,
Existe uma ilusão terna e eterna.
Existem fragmentos de mim espalhados.
Dói muito juntar os pedaços.
Eu achei que tudo bem por muitas vezes.
Mas não estava.
Existe uma vida fora disso.
A realidade, é assim que a chamam.
Mas eu acho que o real é o que eu crio,
Talvez a ilusão seja o que podemos ver.
Existe uma saudade que não passa.
Eu carrego comigo como um eterno segredo.
Existe um nada que me alivia.
Existe o sufoco de querer amigos.
Às vezes eu me sinto bem só.
Eu , meus planos e minha tristeza.
Somos um mundo à parte disso tudo,
Sou bem mais feliz na minha cabeça.
Existe um infantil querer voltar no tempo,
Existe uma inútil ansiedade sobre o que virá.
Existem planos mortos.
E sonhos que insistem em ressuscitar.
Se toda a tristeza leva à morte, eu não sei.
Mas essa não leva à nada.
Ela é uma criança que me olha e chora.
Apenas uma menina frustrada.
Não me oferece perigo, nem riso.
Eu a entendo e até a contemplo.
Ah querida, foi duro eu sei.
Vamos confiar nesse tal tempo.
Nem toda tristeza é depressão.
Nem todo sentimento tem nome.
Nem toda fase requer idade.
Nem todo amor tem veracidade.
Nem toda menina quer boneca.
Nem toda mulher ama até morrer.
Nem todo o sonho é tão grande,
Quanto esse pequeno amor que tenho por você.

Morri

Morri para o mundo, mas não nasci para deus, não nasci para deuses, não nasci para ninguém... Quantos erros profundos, Nada vale a pen...