sexta-feira, 29 de abril de 2011

Encontro com Deus




E se Deus fizesse uma proposta
lhe pedisse algumas mudanças
e lhe desse o que deseja
Iria pedir que fosse mais calmo
iria pedir que fosse mais paciente
iria pedir que vivesse o hoje
sem esquecer de olhar para frente
iria propor que fosse feliz
pelo que é ,não pelo que tem
iria lhe mostrar que muitos te amam
e que você,apesar de tudo, ama também
Iria lhe dar uma única chave
iria lhe mostrar um único caminho
e você iria questioná-lo
porque passar por tudo sozinho?
Ele iria falar para usar a chave
abrir a porta e ver o caminho
talvez você visse o que não te importa
e não conseguisse entender o seu destino
e quando olhasse o chão
pedras que não queria ver
no chão de terra batida
a porta bonita
não teria motivo para assim ser
Ele iria falar
esse é o caminho
percorra e verá
que nunca lhe deixei sozinho
e você iria falar
que não quer passar por isso
que quer o seu sonho agora
já que ele pode tudo
Ele iria calmamante sorrir
e lhe indicar o caminho
teria muitas roseiras
mas também alguns espinhos
diria que seu sonho está lá
mas precisa passar pela trilha
e que viria tempestades
antes que você chorasse
ele levantaria seu rosto
olharia em seus olhos
diria que esqueça o passado
que não sofra antecipadamente
iria pedir que se lembrasse
que te deu o caminho, mas te deu a chave
as portas abertas estão
e a jornada Ele guiará
o caminho é seu
e nada lhe faltará.

olhos



Os seus olhos
Não estão aqui
Mas o seu olhar
Ficou em mim
Os seus olhos
Cegaram os meus
Os seus olhos
Falam adeus
Eles são profundos
Eles são calmos e agitados
São ondas em mim
Não me deixam mentir
Me desmentem bem
Desmonta também
Desfiz tantos planos
por conta das mentiras
doces mentiras
que os seus olham contaram
meus olhos não sabem
o motivo de tanta dor
os meus olhos sangram
pelo seu amor
o seu olhar foi embora
e eu olho a minha volta
olhos nos olhos
verdade e mentira
ohos fechados
a minha vida
agora ficou
algo de qualquer jeito
do jeito
que você deixou.

terça-feira, 26 de abril de 2011

saudade diferente



Ontem me deu uma saudade de tudo o que eu senti

Foi uma saudade diferente
Não foi saudade do que vivi
foi saudade do que senti

De como enrusbecia meu rosto só de  pensar
de como sentia o coração acelerar ao ver
Foi um tipo de saudade
Não da pessoa (um pouco sim)
Não de um acontecimento

mas de uma sensação
Como aquela em que vi pela primeira vez
que beijei a primeira vez
que chorei a primeira vez
sim, saudade do choro

Até isso faz falta


Porque eu chorava diferente
motivo diferente
sentia diferente
Saudade do dia
que também mudou

os raios de sol nao queimam da mesma forma
o  calor ja nao aquece o mesmo sonho
o dia já não é claro como aquele dia

Saudade diferente
do cheiro, cor e forma
posso até pegar o meu sentimento e por para dormir
no colo,zelando por ele,e ele permanece assim
e a minha saudade que agora é diferente dorme

dorme muito

pensando numa época

num cheiro

numa cor
numa sensação

sentimento...
È sim...
numa pessoa.

Única Certeza


Tudo o que eu falei que não seria feito, eu fiz.
Todas as palavras que nunca falaria, eu gritei.
Todas as ruas que nunca andaria, eu percorri.
Todas as pessoas que amo, já magoei.
Todas as frases que eu não ouvia, eu falei.
Todos os ditados que não aderi, eu ditei.
todos os lados que eu não queria,eu olhei
Todas as atitudes que eu condenava,eu tomei.
Todos os amores que não queria,eu tive.
Todos os amigos que eram só meus , eu dividi.
Todos os sonhos que eram alheios,eu aderi
Todos os planos que cuidei,eu desfiz.
Todas as barreiras que eu coloquei eu fui obrigada a derrubar.
todos as certezas que eu defendi,tive que quebrar.
Todas as lógicas que eu resolvi, não estavam certas.
tudo que era tão certo, virou uma nada.
A única certeza que nunca se foi
A única que permanece aqui
È a de que mudam todas as afirmações
mas para o amor,não precisa de razões
e apesar de mudar tudo o tempo todo
e eu sempre apostar e perder o jogo
posso estar errada em quase tudo
Mas a única certeza desse mundo
a única briga que eu compro
o único caminho que não me engano
o único sonho que não sonho por querer
o único plano que fiz por que fui obrigada
o único certo que sempre será errado
o único grito que mantenho abafado
O único mundo que é separado
O único céu que nunca foi estrelado
O único suspiro que nunca saiu dos meus lábios
O ultimo acerto de todos os meus enganos
È que eu te amo.

sábado, 23 de abril de 2011

Sol




Ainda bem que o sol sabe renascer
mesmo quando não há possibilidade de vê-lo
mesmo quando ele nem aquece
mesmo quando ele não mostra seus raios
ele está lá
e quando você não sente
e quando frio te domina
ainda assim
sabe que ele está lá
e quando a nuvem vem
ele sabe que ela é passageira
por isso deixa que ela se mostre
porque sabe que em pouco tempo
é ele quem estará lá
e se o que é passageiro,for visto com passageiro
o que realmente é necessário
sempre estará lá.
Seja como o sol, apenas confie
que tudo tem a sua hora e lugar.
O dom de renascer 
recomeçar
brilhar como sempre
apesar de toda a chuva...

Se saudade tivesse voz





Se saudade tivesse voz
o mundo todo escutaria
eu quase enlouqueci ontem
ou será que estou louca?
se amor fosse garantido
eu daria o que tenho guardado
se o tempo não fosse esse maldito
que um dia foi abençoado
eu não vivo; como foi com você
eu assisto os acontecimentos
eu viajo,me vejo nos momentos
é tudo tão cinza,como se não tivesse vida
se você nunca gritou por dentro
e nunca quebrou os espelhos da alma
não sabe que um sentimento
tem uma força que nunca se cala
se o tempo tivesse mãos
e não fechasse os punhos
escorreria pelos dedos
os planos que tínhamos juntos
talvez eu não tenha razão
e o tempo já tenha passado
loucura de amor
e você não estará ao meu lado.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

E...


E sonhamos...
E pegamos nossos sonhos
E matamos os pequenos
Para aumentá-los
Muitas coisas nós fazemos
E vivemos...
E pegamos nossa vida
E entregamos ao sol
Que a queima e a ilumina
Transparecendo nosso mal
E amamos...
E pegamos nosso amor
E guardamos escondido
E fingimos rancor
Para termos inimigos
E queremos...
Queremos ser maiores
Que o mundo que está feito
E sempre somos os piores
Deste mundo, o defeito
E entregamos...
Entregamos nossa alma
Para a morte todo dia
E juntamos os pedaços
Como se fosse utopia
E buscamos...
Buscamos todo dia
Algo diferente para fazer
Não aceitamos algo mágico
Conformamos-nos com o sofrer
E oferecemos...
Oferecemos nossa vida
Para o sacrifício do poder
E vendemos a coisa mais linda
Que Deus pode oferecer
E pensamos...
Pensamos que assim será melhor
Para os nossos dias
E tropeçamos no destino
Feito de pura fantasia
E tentamos...
Tentamos aprender o que ninguém nos ensinou
E todas as loucuras são culpas do amor
E ambicionamos o dinheiro que compra nosso valor
E no final deste ciclo choramos de dor
E sonhamos...
E vivemos... Por nós mesmos
E amamos... Sempre o próximo
E queremos... O mundo inteiro
E entregamos... Os nossos olhos
E buscamos... O mais leal
E oferecemos... O nosso destino
E pensamos... Ser grandes
E tentamos... Ser meninos
E simplesmente tentamos.

Para ter você aqui


Se para ter você aqui
Eu precisasse voar
Para bem longe,
Eu voaria...
Se para ter você aqui
Eu precisasse gritar
Para o mundo todo,
Eu gritaria...
Se para ter você aqui
Eu precisasse buscar a lua
E roubá-la do mar,
Eu roubaria...
Se para ter você aqui
Eu precisasse chorar
Todas as lágrimas de uma vida,
Eu choraria...
Se para ter você aqui
Eu precisasse odiar todos que amo,
Odiaria...
Se para ter você aqui
Bastasse sorrir com todo o meu querer,
Eu sorriria...
Mas você não está aqui
Preciso aceitar
Se eu não te amasse tanto,
Eu aceitaria.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Não fique no chão

Foi assim
tive um plano
de papel
tudo certo
Foi em mim
milhões de fatos
milhões de fotos
tudo tem fim
Foi o que eu quis
mas não como eu quis
Havia um mundo para descobrir
Havia rostos para conhecer
Havia um mundo,uma estrada
uma vida pela frente
Eu fiz muitos planos
eu tinha imaginado
mas o real e o ideal
nunca andam lado a lado
Eu vi meus sonhos no chão
sendo pisoteados
todas as minhas certezas
viraram dúvidas do passado
Eu tive que rever
os conceitos e os erros
e errar diferente
ainda é errar novamente
Eu vi o mundo desabar
em cima da minha cabeça
mais de uma vez
os pés queimaram no asfalto
mais de uma vez
as letras viraram sangue
a musica virou um grito
o outro virou insano
e cadê as minhas certezas
cadê as minhas razões
quem grita por socorro
foi quem colocou fogo na própria casa
quem lava as mãos
foi aquele se debulhou em lágrimas
quem amassa a folha do passado
foi aquele viveu lá muitos anos
quem fica no presente
Passou por ruas sem saída
quem já quase morreu
Foi aquele que escolheu a vida
foi assim
outro plano
tudo de novo
e cadê a força?
renovar e recomeçar
e o medo de chorar de novo
e agora que cresci
ja não cabe mais esperar
já não há mais tempo
já não há mais ilusão
é assim
se cair
apenas não permaneça no chão.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Não estamos sozinhos



Foram ruas e ruas de terra
pisei na lama, sujei o pé
senti na alma
como cada um sente a dor de ser quem é 
senti os dias, todos sem sol
Por quanto tempo será assim?
esperança é o que eu tenho
Mas esperar não é o que eu faço
Certo dia ouvi dizer
que tudo você consegue
quem sabe o que é sofrer
não faz o que lhe pedem
e se você faz por onde
e não vê acontecer
é porque a injustiça se esconde
nos que querem lhe ver perder
e como nunca sabe
quem é o que te quer bem
sinta dentro de si
o momento de ir além
e se andou nessas ruas e lamas
e apenas sujou seus pés
será que não disse com quem andas
sem dizer quem és?
tudo é parte de um todo
nada é por acaso
a vida é um jogo
sempre se perde por um lado
mas quem ja conhece a lama
sabe que tem que passar
por esse caminho longo
para poder chegar
e antes de desistir
reveja o que está a sua volta
se você cair
é porque no chão está a resposta
e antes de desanimar
veja se é o que quer
e acredite mais em você
do que em qualquer promessa que vier
e se os seus pés estão sujos
é porque você andou
e se já conhece o mundo
sabe o que já superou
e não acaba porque disseram
quem não é a sua vez
se tudo o que é seu está guardado
Acredite em quem está do seu lado
e se tudo que é demorado é melhor
acredite que há uma força ao seu redor
e se a estrada parece mais branda com alguns
acredite mais em seu merecimento
e que Deus abençõe as nossas estradas
e que nos guie com o vento
e que saibamos escolher o caminho
e que em nossa mente
nunca
nunca esqueçamos
que não estamos sozinhos!

Um dia

um dia a gente aprende
que tudo volta ao lugar
que tudo tem a sua hora
e que só nos resta caminhar
Nada é como a gente quer
...e os nossos sonhos mudam
apenas o que fica em nós
são pedaços de um futuro
que chegou faz tempo
e a gente nem percebeu
a culpa de amadurecer
é da criança que não cresceu
o meu relógio parou
no passado do meu presente
e que o futuro seja hoje
porque o amanhã nao me pertence.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Pense Nisso














Qual é a sua dor?
qual é seu  medo?
qual fato ocorreu?
qual foi seu ultimo julgamento?
Quantas horas tem seu dia?
Qual a idade dos seus sonhos?
Quem você amou
e quem ofendeu com seu ódio?
Quem te faz bem?
quem te fez mal?
quantas vezes perdoou
e tantas vezes fez igual
Quantas vezes você negou
uma segunda chance?
e quantos arrependimentos
não trabalham em sua mente?
quantas vezes você agiu
por um impulso qualquer?
quantas vezes foi infantil
quando achava que sabia o que quer?
quantos dias você deixou
de falar a sua verdade?
quantas noites você nem dormiu
porque queria mudar a realidade?
Quantas vezes você  olhou
as luzes da cidade?
quantas vezes você não trocou
de idéia e opinião?
quantas vezes você errou
por ouvir seu coração?
Quantas dores te atormentam
e quanta infelicidade cabe num momento?
Quantas luas tem um sonho?
Quem é o juiz dos seus julgamentos?

Foi um não



Foi um não

Um minuto
um segundo
talvez nem isso
Foi um vão
um abismo
um feitiço
eu nem sei
foi um dia
uma tarde
sem sol
eu nem vi
foi um adeus
sem talvez
sem motivo
sem querer
foi uma vida
destruida
esperança
para quê?
Foi porque foi
nem tinha que ter vindo
melhor nem ter conhecido
aquele sorriso
foi porque é assim
para mim
teve fim
e nem senti
Um momento
que marca e muda
o plano, o rumo
de uma vida
foi e foi ser feliz
fiquei sem saber
para onde ir
para que vir
porque estou aqui
foi ..tão simples
tão normal
tão banal
sensações,emoções
eu nem sei o que senti
guardei o coração
apertou o peito
eu sorri
e fui também
mundo acaba
é o fim da estrada
o dia é noite
até o fim
menina chora
não tem mais hora
porque qualquer pessoa
escolhe ir
mas e a revolta
daquela hora
fica em quem foi
ou fica em mim?
um minuto
e nova fase
e se eu nao quero
sair daqui?
decisão alheia
corre na veia
o sangue que não
quer regredir
foi apenas
fiquei pequena
momento meu
me deixe aqui.

sábado, 16 de abril de 2011

Ligação


Não adianta agora
não tenho mais o relógio
que marcava sempre a sua hora
e fazia tudo ser da gente
Não tenho mais o dia todo
Para pensar em você
A vida não é a mesma pela frente
Tenho muito o que aprender
Não tenho mais o pulmão arejado
nem o pulso sem cicatriz
Não tenho mais o coração intacto
e o sorriso mais feliz
Não tenho mais os pés dispostos
nem a inocência no olhar
Não tenho mais o peito aberto
Nem a emoção de caminhar
Não tenho mais o dia e a noite
Um para pensar,outro para dormir
Nem o sono da menina bonita
Onde tudo era pequeno e feliz
Não tenho mais o sonho da infância
Nem um amor qualquer
Desculpe não atender a sua ligação
é que a criança queria te ver
Mas ligou para uma mulher...

Desculpe-me




Desculpe vida... Eu não soube possuí-la...
Errei,errei..quão humana eu sou!!!
Dei a volta no mundo...
Voltei para o mesmo lugar... Acreditei no amor profundo. E ninguém estava lá!
Desculpe, não agüento mais.
Sinto que não sinto nada...
Esse jogo que você faz, Muito atrapalha
Dá certo um começo. E de novo caio em mim
Será que esse sofrimento nunca terá fim?
Eu acordo e é só um dia
Era para eu ser feliz
 Mas você adiou o sonho
E me deixou com a cicatriz
Desculpe não se ofenda
Nem julgue minhas palavras
Não quero que me condene
 Não é Ingratidão, é mágoa
Eu te dei um tempo para mudar
E me fazer finalmente feliz
Você viu tudo passar e me deixou o tempo todo aqui
Não seria justo comigo
Se eu não te falasse agora
O mundo gira para todos 
E quando será minha hora?
Agora eu sinto muito
Foi grande o tempo que passou
Não tenho o tempo do mundo
Felicidade já se esvairou
Um dia após o outro
Mentindo ao sorrir por aí
Ou você vira esse jogo
Ou para mim não vai existir
Desculpe o meu desabafo
O coração precisa respirar
Tem um pulmão acorrentado
Lembra da dor, perde o ar
Já te amei vida minha
Mas agora te quero para quê?
Tudo para mim demora demais
O tempo não espera
Deixando-me para trás
Se você não existir amanhã
Não saberei o que é esperança
E se essa é a ultima que sai do meu sangue
Segure as gotas ou agüente a vingança...

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...