Desculpe-me




Desculpe vida... Eu não soube possuí-la...
Errei,errei..quão humana eu sou!!!
Dei a volta no mundo...
Voltei para o mesmo lugar... Acreditei no amor profundo. E ninguém estava lá!
Desculpe, não agüento mais.
Sinto que não sinto nada...
Esse jogo que você faz, Muito atrapalha
Dá certo um começo. E de novo caio em mim
Será que esse sofrimento nunca terá fim?
Eu acordo e é só um dia
Era para eu ser feliz
 Mas você adiou o sonho
E me deixou com a cicatriz
Desculpe não se ofenda
Nem julgue minhas palavras
Não quero que me condene
 Não é Ingratidão, é mágoa
Eu te dei um tempo para mudar
E me fazer finalmente feliz
Você viu tudo passar e me deixou o tempo todo aqui
Não seria justo comigo
Se eu não te falasse agora
O mundo gira para todos 
E quando será minha hora?
Agora eu sinto muito
Foi grande o tempo que passou
Não tenho o tempo do mundo
Felicidade já se esvairou
Um dia após o outro
Mentindo ao sorrir por aí
Ou você vira esse jogo
Ou para mim não vai existir
Desculpe o meu desabafo
O coração precisa respirar
Tem um pulmão acorrentado
Lembra da dor, perde o ar
Já te amei vida minha
Mas agora te quero para quê?
Tudo para mim demora demais
O tempo não espera
Deixando-me para trás
Se você não existir amanhã
Não saberei o que é esperança
E se essa é a ultima que sai do meu sangue
Segure as gotas ou agüente a vingança...

Comentários

Postagens mais visitadas