sexta-feira, 29 de abril de 2011

olhos



Os seus olhos
Não estão aqui
Mas o seu olhar
Ficou em mim
Os seus olhos
Cegaram os meus
Os seus olhos
Falam adeus
Eles são profundos
Eles são calmos e agitados
São ondas em mim
Não me deixam mentir
Me desmentem bem
Desmonta também
Desfiz tantos planos
por conta das mentiras
doces mentiras
que os seus olham contaram
meus olhos não sabem
o motivo de tanta dor
os meus olhos sangram
pelo seu amor
o seu olhar foi embora
e eu olho a minha volta
olhos nos olhos
verdade e mentira
ohos fechados
a minha vida
agora ficou
algo de qualquer jeito
do jeito
que você deixou.

Um comentário:

  1. Ve!! vc escreve mto bem!

    me deu até um aperto no coração! =/

    já passei situação assim...

    de qq jeito, ótimo texto! parabéns!

    ResponderExcluir

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...