segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Como seguir?


Como eu posso seguir
se você domina tudo?
mente, corpo, sorriso
são dois mundos
Levo na brincadeira
um passa tempo qualquer
algum outro rapaz
que me faz sentir mulher
porque se eu me lembro de você
ou fico sabendo de alguma coisa
entristece o meu ser
de uma forma louca
Você pode não saber
nem fazer ideia
que o tempo foi correr
e você corre nas minhas artérias
Você ama outra pessoa
isso é minha fraqueza
porque ser feliz sem você
é a minha única tristeza
Deixo nas mãos do destino
Pois nas mãos do tempo não resolveu
você pra mim é aquele menino
que com o tempo não cresceu
Eu guardo você comigo
como se fosse um tesouro
se alguém habitasse a minha alma
veria que você é um segredo que eu escondo
tenho medo de nunca esquecer
a emoção do primeiro amor
você nem sente isso
nem sabe da minha dor
Como pode seguir assim?
sem me dar nenhuma importância
sou menina que te ama
você é a minha única esperança
Não aceito o não que se expõe
feito punhal no meu coração
deixa eu sonhar que não foi em vão
todo o amor, tanta emoção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...