quinta-feira, 5 de maio de 2011

Ponte

 
Eu sei que depois eu vou me arrepender
e dizer que bem que eu podia ter tentando
e pensar que poderia ter tido peciência
e que deveria ter esperado..
Mas como que se toma uma decisão assim?
sem levar em conta o que está sentindo
sem pensar no que te deixa assim
sem pensar para que lugar está indo
e como que se passa por cima de tudo
e do próprio objetivo
por algo que não vai mudar o mundo
nem seu próprio destino?
Como que posso atravessar a ponte
sem saber se quero ir para o outro lado?
e eu que não consigo viver
sem ser fiel ao meu desejo de ser
e a opinião de todos
confunde a mente, mas não as metas
me faz perder o jogo
e eu não sei o que vou encontrar
nem se vai valer a pena
mas a ponte pede para passar
porque a estrada está pequena
e eu sei que se eu for
posso não mais encontrar o que deixei
mas é um jogo,eu sei que é
eu posso perder, isso também sei
Mas se eu não arriscar
nunca vou ver o meu limite
e quem tenta, vai á luta
pode se descobrir um vencedor
e quem fica, não arrisca
pode perder o que conquistou
e se a vida é feita de fases
e se há uma ponte para passar
sei que vou confiante
e que chegarei a algum lugar
pois mais importante que o caminho
é o meu objetivo
e se não der certo, não foi um erro
foi o meu futuro acerto
e se eu cair, eu levanto
e se eu for devagar eu chego
já será uma conquista, só de passar
pois quem deu o primeiro passo
já não está no mesmo lugar.

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...