quinta-feira, 21 de julho de 2011

segunda-feira


Segunda-feira é como se fosse
primeiro dia da semana comum
Trabalho,contas...tudo de novo
Somos nós,como qualquer um.
Passam os dias
Alguns não tem sol
Passam as noites
Algumas não acabam
E nessa normalidade a vida segue
Mais um aniversário, e você nem percebe
Algumas noites,você ainda chora
Pensa e dorme,quem sabe melhora
Nunca vão ligar para o que você sente
Nunca vão saber o que se passa em sua mente
Se despede de alguns,é tão natural
 Muda de emprego ,parece banal
E quando perguntam,qual objetivo
Desvia a conversa
Com um belo sorriso
Dentro do peito sabe o que aperta
Mas que importância tem  o seu caminho sem volta
A saudade fica pra quem
Ainda quer respostas
Quando será que vamos entender
que deixar pra lá não é amadurecer
Que o amor tem vontade própria
E aprender causa revolta
 Mas a gente segue,porque tem que seguir
Passa a vida sem estar aqui
Questionar é algo que fica para os mais jovens
Saber de tudo é sua obrigação
Seria isso bom se fosse verdade?
ou seria a sua perdição?
Chorar de saudade,coisa de mulher
sentir que amar é ter o que se quer
e se o tempo passou e você ainda lembra
Saiba que todas sentem dessa maneira
Afinal, rotina não afasta nenhum sentimento
Não se cobre se o amor não se foi com o tempo
nessa loucura que faz o coração
Saber as respostas não é obrigação
Mas a noite solta o amor
põe de lado,faz ele parar
com um jeito doce, ele pára de chorar
Ainda bem que sempre chega a segunda-feira
para que a mulher amanheça e não conte a ninguém
que deixou no travesseiro um bilhete e uma lágrima
abafou o soluço de quem lembra de alguém
o coração que bate no peito não está lá 
ele fica na cama,aguardando e sonhando
 apenas para ver quando vai chegar
a moça que ama e se entristece no passado
se ela soubesse que o coração precisa ser amado
seria ele feliz e não iria deixá-lo
quantas de nós só andamos com um pedaço?....

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...