Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 23, 2011

Tudo

Tudo é ilusão Os planos, as lutas, os dias Os sonhos são ilusões separadas numa caixinha Tudo é decepção Até as grandes conquistas que sabem ir embora no momento de sua glória Tudo é pequeno Partindo apenas do principio de que tudo isso não levará contigo Tudo é amor lembra-se do caminho e da primeira vez que se viu sozinho Tudo é dor pois dói até quando se vai a doçura do sonho e o que fica não satisfaz Tudo é morte Pois tudo o que hoje vive logo quando perde a cor tão logo morre Tudo é luta Pois não há descanso na batalha de saber que todo dia terá que vencer as mágoas Tudo é sonho Pois não terá percebido  que realizou hoje o que tanto levara consigo Tudo é fuga Pois irá se trancar no quarto ligar o som alto e chorará sozinho Tudo é superação Pois supera todo dia aquela maldita magia do poder de um não Tudo é ilusão  Pois julga tão acima aquele que em sua cabeça pisa e tira a sua razão Tudo é igual Pois quem habita o coração Já sabia que em vão Ninguém viveria Tudo é esperança a fé…

Geração

Nascimento gera amor
Juventude gera dúvidas
Paixão gera fraquezas
Dúvidas geram certezas
Olhar gera esperança
Caminhar gera solidão
Alegria gera saudade
Palavras geram negação
Observar gera frustração
Ir longe gera retorno
Acreditar gera decepção
Esperança também é um vazio
que gera dor no coração
Amor gera arrependimento
malditos são todos os momentos
E tudo que é sentimento
gera mudanças nos ventos
ódio gera fracasso
Morte gera aflição
Mas morrer por dentro
gera uma fria convicção
Segunda chance gera mágoas
não tê-la gera revolta
amar gera calor
o mundo gera uma volta
Entender gera explicação
Fracasso gera empatia
O nunca gera um talvez
e 'eu fiz' gera um 'não devia'
Um caminho gera uma pergunta
o que teria sido dos outros três?
Pedir permissão faz perder a rodada
ceder-se demais é perder a vez
E tudo gera ilusão
é o único sentimento envolvido
em todas as lutas, em todas as glórias
Iludir-se é culpar-se
ser o próprio castigo
Realidade demais também gera dor
e eu pre…

Dentro do peito

É incrível como não podemos controlar a sensação
A sensação que eu tenho é estranha hoje
Eu nunca soube o que fazer
Mas sinto que está chegando a hora
Hora de cair e de aprender
Levantar sem fraquejar
Hora de sentir...mas eu nem sei o que
Hora de pedir..mas eu não sei pra quem
Hora de chorar..mas eu não sei por quanto tempo
É incrível como a vida dá as suas voltas
Mas nem sempre a gente tem de volta
As pessoas, situações e sonhos.
Antes de dormir eu definitivamente não quero mais
não aguento mais
não me resta mais nada
Eu choro até lavar a alma
para ver se acalma
a minha tempestade
Eu desisto de viver e durmo
Eu desisto de acordar e acordo
Questiono a Deus porque permite a dor
quanta dor, não sei dizer
As vezes é preciso trancar-se
dentro do peito, num sentimento perdido
E se a sensação  é maior que a perda?
Meu Deus, eu não vou saber seguir
sem sonhar o meu sonho, chorar de alegria, realizar minha história.
Que sensação estranha
de que mesmo que eu viva
o resto da minha vida
nunca s…