domingo, 22 de abril de 2012

Sou



Tem dias que eu me questiono
me pergunto,me exponho
me mostro inteira
sem mascara alguma
me ponho a frente de tudo
dos meus sonhos,de mim mesma
tudo eu pergunto
do mais absurdo até a brincadeira
eu danço em outro corpo
e me pergunto se esse é o caminho
eu me escondo quando exponho
o desejo se sobressaindo
eu me uso eu me jogo
eu me viro do avesso
eu me dou,eu me entrego
eu me retiro por inteiro
eu observo,eu sobrevivo
eu sorrio de lado
eu me admiro,eu me acho
eu sou menina de trança
eu sou mulher de salto
eu sou o grande amor de alguém
eu sou amores de quem?
eu sou aventura,loucura
sou a calmaria,o dia
sou sangue nas veias dele
sou menina a brincar com o outro
sou historia ,diversas rimas
descobrindo quem sou
pouco a pouco
sou os s erros que eu quase acerto
sou os passos que eu quase dei
sou o que eu sou
e eu me reivento
quase tenho o poder de parar o tempo
quase mudo de rumo com o vento
quase sou o mistério
sou a quebra de qualquer juramento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...