Nunca fui Amada


E se nunca foi assim?
E se tudo não passou de uma fantasia?
E se a realidade se mostrava clara,
e eu ignorava da forma que podia.
E se você nunca se importou?
E se mentiu o tempo todo?
E se as culpas que estão nos meus ombros?
São de ninguém e eu viro o jogo.
E se eu me isolei no casulo da paixão?
E se eu me apaixonei pelo sabor da solidão?
E se eu sou fraca e forte ao mesmo tempo?
E se você passou apenas como um vento?
E se eu encarasse a realidade?
Quem será você de verdade?
O que eu veria se tentasse analisar,
a pessoa que por tanto tempo eu pensei amar?
E se eu criei tudo isso?
Fazendo da nossa história um eterno compromisso?
E se para você eu apenas uma?
Eu imaginei que poderia ser a única.
E se o problema sou eu?
E se fui eu o  meu carrasco?
E se  lembro só de belas palavras,
e ignoro todo o seu maltrato.
E se fui eu que fiz de você uma coisa linda,
quando na verdade foi apenas aquilo mesmo.
E se eu não aceito que não tenho
nenhuma história de amor verdadeiro?
E se você estiver neste momento,
Mentindo para ela também,
E se eu esqueci que o tempo,
Deveria ter me feito também outro alguém.
E se eu imaginei tanta fraqueza,
criando um muro de história imaginada?
E se me dói menos aceitar que não me quis,
a aceitar que nunca fui amada?
Seria esse amor todo uma forma de corrente?
Seria eu menosprezando a liberdade ?
E se você nunca se importou?
Posso não ter sido amada, mas te amei de verdade.

Comentários

Postagens mais visitadas