quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Deixe-o saber



Quando você tiver um  filho, deixo-o saber...

Que os adultos não possuem todas as respostas.Então que ele nunca deixe de fazer nada por ter duvidas,elas irão acompanhá-lo a vida inteira.
Que a segurança é uma inconstância e que a certeza do momento deve ser sustentada,
pois muitas vezes essa certeza precisará ser reafirmada.
Que o amor da vida dele pode estar na vida de outra pessoa.
E que apesar de toda a dor que o amor causa, ainda é possível seguir a vida prometendo a si mesmo respeitar o próprio sentimento, mas nunca se deixar paralisar por ele.
Que esperar o momento certo para agir pode fazê-lo perder muitos momentos importantes, muitas vezes ele terá de agir sem saber o que está fazendo, apenas com a certeza de que não poderá não fazer nada.
Que é preciso  estudar, batalhar dia a dia pelo sustento, e que deverá ter orgulho do próprio trabalho,e deverá abrir a mente para aprender sempre.Mas que a vida exige um equilíbrio entre comprar coisas e ganhar pessoas.Momentos felizes não serão comprados em lojas.Poderá haver um momento mágico, e ele não estará lá.
Que dinheiro não compra felicidade, embora muitas das vezes pareça que sim. A  felicidade consiste em realizar sonhos, e esses sim,o fará se sentir imensamente feliz.
Que amigos se vão. Sim,os anos passam, as pessoas crescem, a vida vai ficando cada vez mais exigente. Aquela amizade que ele mais considerará, poderá nem saber como ele está dali a dez anos. E que talvez fiquem alguns amigos para a vida toda, mas não em todos os momentos.
Que as pessoas são más. Que elas  tem prazer em denegrir, rebaixar, roubar o brilho dos olhos muitas vezes. E que algumas dessas pessoas estará entre as que ele mais considerava.
Que os sonhos são pessoais e intransferíveis. Diga a ele que poderá sim, que terá o direito de ser o que ele quiser, de sonhar com a viagem, com o presente, com o abraço, com o mundo! Independente da situação atual, sonhar é a única forma de realizar as coisas.
Deixe-o saber que todas as pessoas merecem ser felizes. Que julgar não cabe a ninguém e que nenhum sofrimento é eterno.
Que as vezes ele vai perder o chão e ainda assim precisará caminhar. Que a vida não espera as coisas serem do nosso jeito. Nós é que temos de estar preparados para os imprevistos.
Que viver um dia de cada vez não é desesperador. É nisso que mora a esperança. Um dia você coloca um tijolo, e de repente o castelo estará lá.
Que  somos todos humanamente iguais, mas ele irá ouvir alguém falar que não, porque a cor da pele das pessoas são diferentes;mas deixe-o saber que isso é um absurdo, as pessoas são muito mais que isso.
Deixe-o saber que não deve desistir. Há sonhos que podem levar anos para tomar um forma real. Há pessoas, situações e lugares que podem enfraquecer sua força.Ele poderá chorar, recuar, mas desistir não é opção , desistir ele não pode. A persistência é a única ponte entre o que se é e o que se pode ser.
Deixe-o saber o quanto você o ama. Esse amor vai sustentá-lo em tantos momentos durante a vida, e é pra esse amor que ele sempre voltará.
Deixe-o saber que você também não sabe tantas coisas. Não vai confirmar as teorias que ele vai ler na internet, e que certamente ele irá saber mexer em aparelhos tecnológicos melhor que você;e que uma porção de coisas vocês aprenderão juntos. Deixe-o saber que você não sabe tudo, e mesmo assim você não desistiu.Deixe-o saber que muitas vezes as pessoas não sabem o que falam, deixe-o saber que ele poderá ser muito mais que aquilo que dirão a ele. Deixe-o saber que nascemos e morremos sem saber de todas coisas... e por isso devemos valorizar quem nos ama, ajudar quem nos ajuda e ser feliz com todas as nossas conquistas.
Deixe-o saber que o coração é capaz de sentir uma calmaria no momento de aflição, e que essa é a paz de Deus.
Deixe-o saber que cada passagem neste mundo é unica, e que nunca saberemos o suficiente para começar a começar...esperar um grande dia ou algo assim. A vida é feita no agora!
 Deixe-o saber que as emoções, boas ou não, engrandecem o ser humano, e que viver é bom, mas viver pra ser feliz..ah, isso não tem preço!

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Pensamento

Pensaram que ela iria se jogar,
Mas o que caiu foi apenas uma flor.
Flores espalhadas exalando pelo ar.
Flores de morte ou de amor?
Pensaram que ela iria se render,
Mas ela queria apenas um pouco de paz.
Pensaram que ela iria se afogar,
Mas ela queria saber até onde mergulhar.
Pensaram que ela iria enlouquecer,
Mas ela só queria o direito de gritar!
Pensaram que ela não iria sobreviver,
Mas ela só cansou de esperar!
Pensaram que ela estava seguindo em frente,
Mas ela só não queria ser atropelada,
Pensaram que ela tinha um plano em mente,
Mas ela sabia que nunca soube de nada.
Pensaram que ela estava abandonada,
Mas ela estava apenas se resgatando,
Pensaram que a história estava terminada,
Mas era o jeito que ela dizia estar recomeçando.
Pensaram que cairia um corpo inerte,
Mas o que caiu foi a sua alma.
Pensaram que ela dominava o amor,
Mas ela só sabia que precisava de calma.
Pensaram tantas coisas, que ela nem ligou.
Pensamentos dos outros, não devem ser regras para viver.
E dessa vez foi ela quem pensou.

Enterro


Eu vou te amar enquanto eu morrer.
Eu vou chorar enquanto eu morrer.
Eu vou te respirar enquanto eu morrer,
Eu vou sumir pra te transparecer.
Eu vou te viver enquanto eu morrer.
Eu vou te querer enquanto eu morrer.
Eu vou sobreviver enquanto eu morrer.
Eu vou morrendo enquanto eu viver.
Eu vou te sonhando enquanto eu morrer.
Eu vou te gritando enquanto eu sufoco.
Eu vou te procurando enquanto eu me perco.
Eu vou te perdendo enquanto eu não me vi ganhando.
Eu vou te amar enquanto eu morrer.
Eu nunca soube mais o que é viver.
Eu vou te amar só enquanto eu existir.
Eu aceito a morte iminente desse eu que morre sempre.
Eu aceito o fim desse amor que nunca me amou.
Vai vivendo, vou morrendo, não tem sol, só luar.
Meus passos, num velório,
Eu sorrindo de mim mesma.
Meus passos na vida real,
Não tem muita firmeza.
Eu vou te amar só enquanto eu estiver aqui na terra.
A eternidade não me disse, se te amar é o que me resta.
Só enquanto eu morrer, eu vou te amar.
Só disso saber, passo  me odiar.
Cadê a minha força? Porque me faz tão fraca?
Perder eu perdi, e nunca ganhei nada.
Amanhece e você vive,
Mais um dia para eu morrer.
Amor porque é livre, se me prende para nunca nascer?
Só enquanto eu morrer, não pense em mim.
Devo padecer nesse amor que não sai de mim.
Jogue a terra na minha face,
e me faça um pouco feliz.
Já que a dor de amar-te, faz um enterro do meu existir.

domingo, 21 de dezembro de 2014

Sonhos

 
Sonhos.
Não são seus,
até serem reais.
Sonham os ateus,
verem os milagres.
Sonham as moças,
Sonham as crianças,
Sonham as meninas,
Sonhas as danças,
Sonham os passos,
Sonham os papéis,
Sonham as amantes,
Em terem amores fiéis.
 Sonham os infelizes,
Sonham os esquecidos,
Sonham os reis e rainhas,
Sonham os mendigos.
Sonha a bailarina,
Sonha a dançarina,
Sonha a abandonada,
Sonha a mal amada.
Sonha qualquer um,
Que pense que não pode sonhar,
Sonha quem morreu por dentro,
sonha em renascer,
Sonhos reais na vida,
De quem não quer viver.
Sonha o mundo com melhorias,
Sonha em sorrir para sempre,
Sonhe com um dia de paz por vez,
e verá o poder de sonhar eternamente.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Felicidade


Faca no peito,
Falta de ar.
Pisar na incerteza
Não ter asa pra voar.
A vida é assim,
Independente de como é,
Não seja ingrato,
Por não se ter o que se quer.
Feliz todos somos,
Até o dia em que não somos mais,
E  descobre que o melhor,
Você deixou pra trás.
Feliz apenas por respirar,
Um novo dia vai surgir,
Feliz pelas possibilidades,
E só por tê-las já se realizar.
Falta de atitude,
Excesso de sonhar,
Falta de realismo,
Falta da falta de ar.
Faca no peito,
Tiro no pé,
Querer sem sacrifício,
É aceitar o que vier.
Viver e amar ainda que nada dê certo,
Pois o dia seguinte é felicidade mais perto.
Sou feliz e serei mais ainda,
Pois viver é arriscar, é perder e ganhar!
E se hoje eu aprendo com meu joelho ralado,
A cicatriz será a professora desse meu aprendizado.
Valorize que você é,
Viva o que você tem,
Felicidade é alma lavada,
É querer quem te quer bem.
Todo o resto é pura bobagem,
Toda ilusão é um pouco egoísta.
Feliz apesar das dores,
Felicidade é uma escolha de vida!


domingo, 14 de dezembro de 2014

Crescer


Ela nunca soube,
Nunca saberá,
Que o amor não é um erro,
o errado é não saber amar.
Ela era cega
embora tivesse a visão,
Ela enxergava o mundo,
com a cegueira do seu coração.
Ela era doce,
E não conhecia a amargura,
Não sabia que a decepção
Era a expectativa pura.
Ela nunca soube,
Que podia tantas coisas,
Que podia ser grande,
Que teria coisas boas.
Ela sempre achava
Que nada merecia,
Que nada teria,
Que a vida era vazia.
Ela foi vivendo,
Mesmo sem ter um sentido,
Mesmo que sofresse,
Mesmo sem saber para onde estava indo.
Ela sempre esperou
Que chegasse o grande dia,
Poderia amar, ser amada, ter amigos e alegria.
Ela não sabia,
Que era tudo fantasia,
Que as pessoas assim como ela,
Também de nada sabiam.
Ela nunca soube,
Nem nunca saberá,
Que para amar o próximo,
É preciso saber se amar.
Um dia ela acordou, e passou a enxergar,
Aí sentiu o peso das escolhas e se pôs a chorar.
Ela ainda sabe,
Que precisa correr,
De todas as escolhas,
A mais importante é crescer!


Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...