Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 4, 2014

Traição

Eu queria um amor que fosse de verdade,
que fosse motivo de felicidade,
que surpreendesse meu coração,
que fosse a companhia que me conduz pela mão.
Eu queria um amor que nunca me traísse...
Não falo de carne, outras mulheres...
Essa traição é a mais superficial que existe.
Eu queria um amor que não me traísse,
não traísse tudo o que eu sou,
Não traísse a minha vida,
Não traísse todo o meu amor.
Eu queria um amor que não fizesse
pouco caso de tudo que já me magoou,
que não me questionasse, nem me julgasse,
mas entendesse que isso me fez quem eu sou.
Eu queria um amor que visse de dentro,
do peito batendo da outra pessoa,
que fosse assim, sem planos e conceitos,
que entendesse o ritmo da vida boa.
Eu queria que não traísse minhas lágrimas,
nem que minimizasse a menina que eu fui,
que entendesse o que para mim tem importância,
que não tivesse ciúme das mágoas, das lembranças.
Eu queria que ele não traísse,
toda a história, todas os casos,
todas as lembranças, todos os retratos.
Eu quer…