sexta-feira, 4 de abril de 2014

Traição


Eu queria um amor que fosse de verdade,
que fosse motivo de felicidade,
que surpreendesse meu coração,
que fosse a companhia que me conduz pela mão.
Eu queria um amor que nunca me traísse...
Não falo de carne, outras mulheres...
Essa traição é a mais superficial que existe.
Eu queria um amor que não me traísse,
não traísse tudo o que eu sou,
Não traísse a minha vida,
Não traísse todo o meu amor.
Eu queria um amor que não fizesse
pouco caso de tudo que já me magoou,
que não me questionasse, nem me julgasse,
mas entendesse que isso me fez quem eu sou.
Eu queria um amor que visse de dentro,
do peito batendo da outra pessoa,
que fosse assim, sem planos e conceitos,
que entendesse o ritmo da vida boa.
Eu queria que não traísse minhas lágrimas,
nem que minimizasse a menina que eu fui,
que entendesse o que para mim tem importância,
que não tivesse ciúme das mágoas, das lembranças.
Eu queria que ele não traísse,
toda a história, todas os casos,
todas as lembranças, todos os retratos.
Eu queria que ele não traísse,
Todos os conceitos, todos os diários,
tudo que chorei, todas as crises do meu quarto.
Não traísse meus planos, nem minha casa,
Não traísse o espaço que eu entreguei à sua vida.
Se empolgasse com meus sonhos e minhas conquistas,
sonhasse comigo, e e soubesse me deixar sozinha.
Não traísse nenhum plano quando eles virarem nossos,
Nunca apontasse para mim como se tudo fosse óbvio.
Eu queria que ele fosse verdadeiro, mas medisse suas palavras,
que na hora de brigar, não deixasse tantas magoas.
E que não saísse da minha vida assim de uma vez,
que não se arrependesse do bem que me tenha feito.
Eu queria que não houvesse traição de sintonia,
e que se não amasse mais,
desfizesse os laços de um jeito doce,
sem tanta bagunça.
Eu queria que entrasse em minha vida,
entendesse as reclamações, entendesse a gritaria.
Abracasse com carinho a criança que soluça,
amasse a mulher que ele afloraria.
Eu queria que o coração se abrisse ao novo,
mas ter a certeza de que não é apenas outro.
Traição não é só sexo,
é planos , é sonhos...
Não traia meu querido,
os velhos novos tempos.

Troca



Eu trocaria meus sonhos pelos seus...
Eu largaria os meus planos se me dissesse sim.
Eu mudaria a cor da minha rotina,
Eu colocaria vida no meu dia a dia.
Eu trocaria a fragilidade dos meus planos
pela emoção de te amar...
Eu trocaria a exatidão do meu raciocínio
pela nossa falta de ar.
Eu não juntaria dinheiro,
Não pensaria num futuro tão só,
Eu compraria supérfluos,
para o dia de te encontrar.
Eu diria sim para você,
e saberia que o amor existe sim,
Eu trocaria as minhas dúvidas,
pelo seu amor em mim.
E mesmo que tudo acabasse,
eu teria no peito a cicatriz,
a história que me faria respirar,
e que deixou lembranças em mim.
Eu trocaria meus planos de solidão.
pela companhia da nossa incerteza,
pela divisão das nossas dúvidas,
por ter no amor uma fortaleza.
Eu contaria que vivi um amor de verdade,
e que isso me motivou a continuar,
Eu trocaria toda a fortaleza que sou,
pelo seu amor e nossa fragilidade.

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...