quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Dúvidas


Não são as dúvidas que me matam,
são as certezas que carrego.
Certeza do que não vai ser,
Certeza do que não vai ficar.
As dúvidas se vão com o tempo,
Mas e as certezas,o que fazer?
A maior certeza que tenho,
É a de que não sei viver.
Certezas eu tive tantas,
Ao tomar minhas decisões,
Eu sabia o que seria o futuro,
Dançava as minhas canções.
Tinha certeza que daria certo,
Que as coisas teriam fluidez,
Mas as certezas as vezes nos cegam,
Fui errado mais uma vez.
E as dúvidas voltaram a mim,
O que seria de mim agora?
Se ao deixa-lo ir,
Perdi a certeza de nossa história.
Não são as dúvidas que me corroem,
São as certezas que eu tenho em mim,
Aprendi tanto e não sei mais nada,
Certa estou de te querer aqui.
Não são as certezas que ditam as regras,
Mas de dúvidas novas eu vou vivendo....
Afrouxo as certezas para respirar a alma,
Dúvidas escuras sempre me cercam.
Vi minhas certezas caírem em prantos,
Certezas sólidas virando escombros.
Agora não são mais nada,
São as dúvidas que agora me pesam os ombros.

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...