sábado, 31 de janeiro de 2015

Faca no Peito



Faca no peito,
Falta de ar.
Pisar na incerteza
Não ter asa pra voar.
A vida é assim,
Independente de como é,
Não seja ingrato,
Por não se ter o que se quer.
Engole o choro,
Não ame a dor.
Desapague da fantasia,
Enxergue a cor.
Decepções são escolas,
fique feliz por aprender,
Quando você for embora,
Nada terei a perder.
Eu também estou sofrendo,
Está sendo difícil pra mim,
A atitude foi sua,
A decisão eu tomei.
Perder o chão e ainda caminhar,
Essa solidão, essa mesma falta de ar.
Sinto muito, já me causaram isso,
Hoje desse lado,
Lembro quando foi comigo.
A vida é assim, eu errei também,
Seja feliz ou seja o sonho de alguém.
Faca no peito,
Meu coração bate forte,
Não sei o que me espera,
Mas não posso ficar nesse comodismo.
Preciso de emoção,
Amor não pode ser só isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...