sábado, 31 de janeiro de 2015

Quanto mais o tempo passa


Quanto mais o tempo passa
Mais tempo eu queria ter,
Quanto mais eu aprendo,
menos eu sei viver.
Quanto mais eu vou vivendo,
vejo que não fui eu mesma,
Quanto mais eu vou amadurecendo,
Vejo quantas coisas são bobeiras.
Quanto mais acompanhada,
Mais solidão eu vou sentindo,
Quanto mais sei a verdade,
Mais vezes eu minto.
Quanto mais educação
Mais me guio por instinto,
Quanto mais sou coração,
Mais na pele eu sinto.
Quanto mais eu sou adulta,
Mais a criança eu admiro.
Quanto mais eu vou a luta,
Mais me derrubam, mas eu sigo.
Quanto mais amor eu tenho,
Mais ódio me despertam,
Quanto mais eu fantasio,
Mais a realidade me liberta.
Quanto mais eu quero ter,
Mais o ser grita na alma,
Quanto mais eu aprecio o ter,
O que não se compra me deslumbra.
Vai ver sou daquelas pessoas,
Que a felicidade acontece,
Essas regras bobas,
Fica para quem nelas se engrandece.
Quanto mais eu dou risada,
Mais feliz eu quero ser,
E o que é simples me encanta,
É sonhando que vou ser.
Quanto mais o tempo voa,
Mais a alma passeia,
Ser feliz é ser você,
E você mesmo não se aceita!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...