quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Eu pensei hoje sobre saudade



Eu pensei hoje...
Caminhei lentamente para o meu trabalho.
Sentei na minha mesa, liguei meu computador.
Fingi que estava tudo bem.
Segui a rotina como se estivesse no controle.
Tomei um café amargo.
Velhos novos problemas.
Eu não quero resolver.
Eu não quero ajudar.
Eu não quero querer nada.
Pessoas falando e eu nem sei porque concordei.
Eu pensei sobre o seu cheiro.
Foi o primeiro dia sem você.
Não quero outros, sei que nunca vou querer.
O dia estava nublado, e talvez houvesse sol.
Cheguei em casa.Abri a porta.O silêncio me cortou.
A tv não estava ligada no seu programa preferido.
A xícara de porcelana ainda estava lá. Mesmo faltando um pedaço na borda.
Você nunca me deixou jogá-la fora.Eu nunca vou jogar!
Joguei a bolsa no sofá.Ninguém reclamou que sempre faço.
O meu coração apertou.O nó na garganta, esse que eu carreguei o dia todo,aumentou e eu chorei.
Encostei na cortina, escorregando minhas costas.
Não sou nada, nunca tive nada,ninguém tem nada!
Não sei precisar o tempo.Chorei até os olhos incharem
.Chorei até não conseguir mais respirar.Chorei até o pulmão cansar de produzir meu ar.Ar que eu já não sentia.
Como dói encarar a realidade.Será que toda forma de felicidade é uma ilusão?
Eu pensei hoje...
Olhei no espelho e não sei quem era aquela.Frágil, pequena, sozinha!
Sempre estive sozinha, e você foi o melhor que eu puder ter!
Como dói a decepção, como dói ver seus sonhos morrendo na sua frente! Que cor tem o mundo agora?
Eu pensei.Eu chorei até dormir.Dia seguinte,não queria acordar.Tinha uma vida e você não fazia parte dela.
Eu pensei sobre como franzia a testa, como me olhava de lado, e como não concordava comigo.
Eu respiro fundo.Passei a vida fazendo planos,e eles mudam.E agora eu já não quero planejar.
Fiquei nas nuvens dos meus sonhos, e isso as vezes cega.
Decepção faz qualquer um virar criança. De onde vem a sua segurança?
Deve haver um motivo maior.Eu pensei hoje e conclui que existe Deus e que existe um sentimento que faz tudo parecer menor, onde o passado é uma prisão da felicidade.
Eu pensei sobre saudade.
Eu pensei sobre você. A xícara, o café, a vida pela frente.
Talvez eu sobreviva, mas pensei sobre amor.Ele existe.Eu senti.E morri em vida.
Eu pensei sobre você, e apesar de toda a dor que me causou, eu te amo!
A única certeza que eu tenho é a de que  posso não perdoar, mas vou morrer te amando.
Entrelaçamos os sonhos. Eu pensei sobre a vida e não tem muito sentido.
Não vou sonhar mais nada.Leve nossos sonhos contigo!
Eu pensei sobre amor....e isso só me leva a pensar em você!
Eu pensei sobre decidir, e isso é não me entregar ao amor. O amor é a criança que se decepciona.
Morreremos de amor, por mais forte que possamos ser.O amor é a conclusão que não tem lógica.
Eu pensei em vida, em morte, em talvez ser feliz de novo.
Eu pensei em você. E isso me assusta! Eu pensei em mim, e não via mais nada...
Sonhe se conseguir.Eu não posso mais.Eu pensei em você, e isso tirou a minha paz!

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Você me conhece?


Eu não conheço você.
Sei o seu nome,
Li seu sobrenome em algum lugar,
Mas não sei onde está.
Eu conheço seu sorriso,
E esse seu jeito tímido,
Esse seu caminhar,
Esse grito que cala na garganta.
Eu abraço seu corpo,
Mas não sei se entro em sua mente,
Eu sinto seu calor,
Mas não sei se também sente.
Eu não conheço a estrada que você passou,
Não naveguei tuas tempestades,
Não chorei tuas incertezas,
Não nadei nos mesmos mares.
Não senti a dor no peito,
Quando o mundo caiu mais de uma vez,
Não me fiz de filho sem jeito,
Para implorar ao Pai mais uma chance.
Não vi seus amigos irem embora,
Deixando você sozinho na lama,
Não vi o ódio gritar mais forte,
Nos olhos daqueles que você tanto ama.
Não vi as portas fechando seus sonhos,
E tantas pessoas com suas vidas fáceis.
Não vi tantos dedos me apontando,
Quando na verdade só estava tentando.
Eu não posso testar a sua fé,
Nem rir dos teus sonhos juvenis,
Não posso criticar os caminhos que fizeram teus pés,
Nem questionar se ainda dói a cicatriz.
Eu não conheço você,
Como você sabe tão bem,
Então não me deixe parar teus planos,
Nem eu e nem ninguém!
Eu não conheço você,
e nem você me conhece,
Não se trata de quem vai te permitir,
Porque te parar ninguém mais se atreve!
Eu não conheço seu tempo,
Nem posso julgar se ainda conseguirá,
Mas estou disposta a seguir esse vento,
E contigo nessa vida caminhar!
Eu não conheço teus traumas,
Mas estou aqui para te desarmar,
Eu não conheço teus dramas,
Mas estou aqui para te amar.
Eu também não conheço o amor,
Os espinhos ainda estão nos meus pés,
Mas não posso acreditar que a dor,
Seja melhor que ser a tua luz, tua amiga, tua mulher.



sábado, 14 de fevereiro de 2015

Morrer Amando


Eu te quero tanto,
Que tenho a plena certeza,
De que se estivesse contigo,
Tudo valeria a pena.
Eu te amo tanto,
E nesse amor não existe tempo,
O tempo não passou,
São eternos os nossos momentos.
Eu te lembro tanto,
Que são duas formas de vida,
A realidade que se apresenta,
E a imaginação que a modifica.
Eu te espero tanto,
Que dói deixar de sonhar,
Saber que não virá,
E esse amor comigo morrerá.
Se eu tivesse um poder,
Faria você me amar,
Essa certeza de que seria feliz,
É o que hoje me faz chorar.
Eu olho em seus olhos,
E me vejo nesse brilho,
Viver valeria a pena,
Se você vivesse esse sonho comigo.
E o que eu faço com os  meus sonhos?
São crianças abandonadas,
Eu quero viver outra vida,
E sem você não quero nada.
Esse amor que aqui está,
Ponho de lado para viver,
Esse seu sorriso eu vou levar,
Me resta aceitar que tenho muito o que aprender.
Eu te amo,minha vida!
Fique aqui e me mate aos poucos,
O seu desprezo é a pior arma,
Que a minha alma sente tanto!
Tire esse olhar do meu olhar,
É esse feitiço que muda meus planos,
Eu te deixo livre mas te afirmo,
Mesmo que não queira, vou morrer te amando.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Caminhando

Tire do papel,
Seus planos, suas metas.
Solte seus apegos,
Abra a janela.
Limpe seu amario,
seu espelho, sua memória.
Ouse sentir o vento,
releia a sua história.
Seja você mesmo,
e você nunca foi fracassado,
Seja a pessoa
Que mais está ao seu lado.
Ninguém disse que seria fácil,
Mas não é por isso que você vai desistir.
Sinta o seu pé descalço,
E assim você vai conseguir.
Limpe essa olhar agora,
Não deixe esse momento te definir.
Não desista e vá dormir,
Não foi por isso que você venceu tudo isso,
Essa força que está ai,
Use-a como seu próprio compromisso.
E se para ser feliz,
Algumas pessoas se afastarem,
É porque não eram para estar ali,
Cuidado com os amigos que se fazem.
Tire seus planos do papel,
Jogue essas lembranças ruins no lixo,
Quando chegar a sua hora,
Você vai se lembrar disso.
Não desista de você,
Não tinha como você saber de tudo,
Lute pela sua vida,
Ser feliz é aceitar o mundo.
Nem todos estão felizes,
Mas todos estão tentando,
Não desvie seu foco de suas metas,
Será feliz por estar caminhando.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Livro


Perdi o seu amor,
Perdi o que nunca tive,
Perdi o que nunca me deu,
Sou aquela que sobrevive!
Perdi seu olhar,
Perdi suas promessas,
Perdi a ilusão,
Perda é tudo que me resta.
Perdi seu abraço,
O calor dos seus beijos,
Perdi a chance de ter amor,
Mesmo que não fosse verdadeiro.
Perdi aquela certeza,
De que você iria me querer,
Perdi a chance de ilusão,
Perdi o que me fazia sofrer.
Perder você é ganhar também,
Mas isso será com o tempo,
Perdi a chance de fingir ser inocente,
Nos perdermos os melhores momentos.
Perdi os nossos planos,
Talvez sempre tivessem sido meus,
Perdi a pele, o cheiro, o paladar,
Perdi a chance de dizer adeus.
Perdi os nossos jogos inconstantes,
Perdi para o ciúme, a raiva e a revolta.
Perdi toda a nossa história,
E você perdeu a chance de ter tudo de volta.
Solte esses dados,
Está tudo acabado!
A jogada perdeu sentido,
Nossa história agora é um livro fechado!

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...