Aplausos



Eu não quero aplausos.
Nem homenagens.
só sintam saudade,
Se amar de verdade.
Eu não quero tanto dinheiro,
Se para isso eu tiver que ceder,
Perder a conexão com o que é verdadeiro,
Viver vazio é uma forma de morrer.
Eu não quero amores falsos,
Relacionamento de fotografia,
Não quero viver em vão,
Nem ser fruto da minha covardia.
Eu não quero ser o que esperam,
São todos humanos também,
Eles pensam que sabem tudo,
Mas não possuem o poder de ir além.
Eu não quero ser melhor para eles,
Preciso ser melhor do que fui ontem,
Agradecer ao criador todas as dores,
Pois são soluções que de mim dependem.
Eu quero valorizar a vida,
E rir dos próprios problemas,
Sentir o sol, o vento, o ar.
Retribuir o olhar da criança.
Não quero me afundar na ganância,
nem esquecer do amor que move o mundo,
Quero que a vida seja a dança,
E que os sonhos sejam verdadeiros e profundos.
E que todas as realizações
Sejam méritos e não trapaças,
Que todas as emoções,
Sejam de felicidade , porque tudo passa.
Não aplaudam meu discurso,
Apenas não julgue aquele que não é você,
A vida é algo tão confuso,
Mas escolha incluir o amor no seu ato de viver.

Comentários

Postagens mais visitadas