Alma Perdida


Ninguém entende as minhas certezas,
Dentro de ninguém bate o meu coração.
Não tenho tempo de explicar nada,
Não sei o que é erro e o que é lição.
Não vão sonhar meus sonhos,
Nem sentir o vazio do meu coração.
Vão ficar gritando conselhos.
Não me escutarão.
Eu posso gritar para desabafar,
Mas na verdade eu queria outra vida,
Tudo de novo, um recomeço.
Sem amor, sem alma vazia.
E se eu pudesse começar tudo de novo,
Teria evitado aquele sorriso;
Teria dado menos importância aos outros,
E o mundo seria fiel comigo.
Ver o tempo passar contra mim,
Ter a conversa aqui na garganta,
Não poder mais errar e cair,
Não ter a vantagem de ser uma criança.
E se eu vivo com o vazio constante,
E se Deus não tem mais clemência,
E se eu não prezo o futuro,
Porque me roubaram de vez a inocência.
Hoje a dor é maior que a vida.
Eu sou um segredo que nunca vai se revelar,
Quando eu morrer, a alma ficará perdida,
Pois vou embora sem verdadeiramente te amar.

Comentários

Postagens mais visitadas