Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

Tudo Bem...

O meu tudo bem é assim,
Meio interrogação, meio exclamação,
Por vezes não passa de reticências....
O meu tudo bem é assim,
Meio bagunçado, meio desajeitado,
Meio deixado de lado,
Por vezes esquecido...
O meu tudo bem é assim,
Nem sempre tudo bem de verdade,
Ou falta o amor, ou alguma outra parte,
Ou falta o medo, ou falta a coragem...
Por vezes sobra sinceridades...
O meu tudo bem é assim,
E nele eu me encaixo completa,
Juntando tão bem a parte que me resta,
O que falta no meu tudo,transfiro para amanhã,
Tudo bem, tudo bem...mesmo sozinha no meu divã.
O meu tudo bem é assim,
A bagunça do meu quarto,
Livros e cd's riscados,
Os que eu amo ao meu lado.
Não mexa no meu tudo bem,
Porque não lhe diz respeito,
Se eu choro a noite ou de manhã,
Tudo bem, é meu direito.
O meu tudo bem é pesado,
As vezes eu quero jogar para o alto,
O meu tudo bem é sarcástico,
O meu tudo bem não é fraco.
E se eu estou sempre por um triz,
Ainda assim, eu estou bem.
E se a vida não repara os danos em meu cora…

Qualquer Coisa...

Qualquer coisa...
Boa ou ruim,
Certa ou errada,
Com ou sem fim...
Qualquer coisa,
Que tenha algum sentido,
Que tenha algum poder,
Que eu leve comigo,
Precisa acontecer...
Qualquer coisa,
Parecida com um sonho,
Parecida com a fé,
Que tenha sentimento,
Seja coisa qualquer...
Qualquer coisa,
Que me faça respirar,
Que me faça sentir vida,
Que me permita sonhar,
Coisa que vem e fica,,,
Precisa acontecer,
Urgentemente hoje,
Preciso saber viver,
Antes do anoitecer.
Sentimento algum eu tenho,
Indiferença de vida,
Preciso algo que seja,
A esperança perdida.
Alguém me lembre que eu nasci,
E que a vida não é perfeita,
Alguém me leva para longe daqui,
E permita que eu cresça.
Claro que aconteceram coisas,
Mas lembrá-las dói na alma,
Alguém me lembre de fechar os olhos,
Enquanto a minha boca se cala.
E se você perde a fé,
Que coisa que lhe resta?
Alguém me salve de mim mesmo,
Antes que eu perca o que interessa.
Alguém ame ao próximo,
Antes que o próximo pereça,
Alguém faça bem ao mundo,
Qualquer …