quinta-feira, 12 de março de 2015

Recuar


Recuar é necessário.
As vezes você precisa guerrear.
Mas as vezes é preciso guardar as armas.
E ver tudo se acalmar.
Eu mato o tempo e morro um pouco,
E as minhas esperanças, cadê?
Eu amo a vida mas é tão difícil,
Que nem me assusta mais morrer.
Retiro o que disse,
Retiro tantas opiniões.
Eu quero respirar fundo,
E sentir bater os corações.
A energia que não se renova,
Nunca será a minha vez?
Esse viver para um dia,
Faz morrer qualquer fantasia.
O tempo não perdoa,
A vida nem sempre faz sentido.
Queria recomeçar todo dia,
Ser novamente a dona dos meus sonhos.
Desisto de tudo agora,
E tudo talvez seja nada.
Sem amor, sonho, motivo.
Sem razão para pensar em nada.
Eu sigo novamente e avante,
Mas não sei o que esperar,
O que me leva adiante,
É apenas o passo sem pensar.
Recuar, guerrear, guardar as armas e as palavras.
Estou no momento de esperar,
Perdoar os erros, as mágoas.
O seu amor talvez me salvasse,
Desse ciclo que virou minha vida.
Eu nunca vou saber se existe amor,
E sem amor a vida é vazia.
Quem sabe um dia eu pegue os cacos,
E refaça meu coração.
O tempo não me esperou,
Eu corro da vida e da sua ilusão.

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...