Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 18, 2015

Borboleta

Ela pulou do precipício,
Havia um precipício em sua alma.
Ela desistiu de tudo,
E seguiu com a sua falsa calma.
Ela olhava os outros,
e não se encaixava.
Havia perdido o direito ao sonho,
Fingia que não sonhava.
Ela tatuou a borboleta,
Queria ter fortes asas também,
Estar em constante mudança,
Acreditando que podia ir além.
Não chore menina,
Tempos novos estão vindo,
Mudar de planos,
Não é ver seus sonhos sumindo!
Não pule agora,
Feche os olhos e sinta a ligação,
O Criador não abandona a criatura,
Ele fala através da emoção.
Respire fundo para seguir neste mundo,
As pessoas não sabem o que dizem.
Você é capaz de tudo,
São apenas momentos agora não tão felizes.
Quando menina queria ser princesa,
Agora renunciará ao seu reinado?
Ser mulher é ser forte e sensível,
Fé no futuro e desapego ao passado.
A mudança é necessário,
As vezes o que temos precisa se renovar,
Não é porque está na tempestade,
Que deverá desistir de remar.
E se tudo não foi e nem é como  imaginou,
Não desista dos seus…