sábado, 9 de julho de 2016

Nada

Resultado de imagem para mulher sofrendo

Chega de esperar por você,
Chega de fingir que existimos.
Chega de procurar o seu melhor,
Quando tudo acabou não existindo.
Chega de ouvir a nossa música,
e tentar adivinhar o que você sente,
Chega de me apegar a cada detalhe,
e fazer um minuto virar eternamente.
Chega de valorizar qualquer palavra,
Que me dê uma esperança de te descobrir.
Chega de fingir que não magoa,
a dor de você nunca estar aqui.
Chega de achar que o tempo resolve,
Sou eu quem faço meu agora.
Chega de dar tempo ao tempo,
Esgotou seu tempo e sua hora.
Qual a dor que você sente?
Acredito que lembre uma palavra.
Você segue assim, indiferente.
Sempre fui só, chega desse nada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...