segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Medo


Dá medo.
Continuar dá medo.
Olhar para o passado dá medo.
Ver quem eu sou, dá medo!
Abandonar quem eu era, deu medo!
Sentir puro ódio,
Morrer de amor, e de saudade...
Tudo dá medo!
O medo acompanha todos os outros sentimentos,
O medo do raio no meio da chuva,
O medo de cair da primeira bicicleta,
O medo do sexo ser sem amor,
O medo de deixar portas abertas.
O medo é o que me incentiva,
Se eu temo sei que devo seguir,
O medo de não ter vivido a infância perdida,
O medo apenas de prosseguir.
Dá medo.
Aí você respira fundo.
Você é adulto agora,
Mas você tem medo.
Ninguém vai te fazer dormir.
Ninguém vai te dizer que está tudo bem.
Não está. Você sabe.
E vai ter que seguir com medo mesmo.
Olhar para o futuro, dá medo.
Porque você não tem todo o tempo do mundo.
Porque quem viu o inferno alguma vez, não esquece.
E mesmo tendo voltado de lá, você tem medo.
Você está forte agora. Mas isso não impede que você tenha medo.
E mesmo que venham apenas coisas boas,
cada dia será um dia.
Respirar fundo e seguir, é tudo o que você tem.
Vai com medo mesmo, afinal, ele ficará e você não.
Acordar de um pesadelo....dá medo.

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...