segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Verdade

Resultado de imagem para mulher fugindo

 Absurdamente me envolvi,
Em algo que já nem me lembro mais.
Ontem fui sincera com os outros,
Isso me feriu aos poucos.
Não que a sinceridade seja ruim,
Mas não pode ser espalhada,
Nem todos compreendem no fim,
O que é não dever nada.
A minha sinceridade me tornou frágil,
Menina de laço de fita.
Um ser doce e muito amável,
Mas não preparada para a vida.
Devi a mim mesma ser sincera,
Devi os nãos que eu não soube dar.
A minha verdade é única,
E com ela que vou lutar.
Absurdamente mentiram,
Eu não contava com isso.
Foram embora e deixaram,
Aquelas mentiras comigo.
A verdade não muda.
Ela pode nem sempre favorecer,
Mas é sendo a única,
Que vou verdadeiramente sobreviver.
E se aqueles que vejo como amigos,
não suportarem o peso da minha verdade.
Terão que aceitar a mim como sou,
Mesmo que a minha verdade, ao mundo  desagrade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...