domingo, 26 de março de 2017

NADA É PARA SEMPRE



Essa coisa de nada ser para sempre...

Essa não é uma informação nova. Você nasce, cresce e se desenvolve. Você não sabia falar ou andar, mas de repente, você está lá, correndo e gritando pela casa. Certamente a sua mãe queria que você fosse um bebê pra sempre, mas você cresceu. E você cresceu mais do que imaginava. Um dia você se vê um adulto. Geralmente acontece quando você precisa tomar uma decisão importante, ou quando você vê que não controla as pessoas e as coisas. Nunca vi uma pessoa falar que se viu adulta porque olhou no RG e viu a idade. Não é isso, ser adulto é decidir as coisas. Porque a gente sofre tanto se nada é eterno? Já dizia a musica, e a vida nos diz isso a todo instante.
Você cresceu porque você tinha de crescer. Embora todos saibam que geneticamente há hormônios que nos fazem crescer, não controlamos isso. Você não escolheu quando nasceriam seus dentes, ou quando você estaria correndo. Aconteceu naturalmente. Entende a proporção disso?
Você nunca controlou nada, porque controlaria agora? Ser adulto não te dá um super poder sobre as coisas ou pessoas.  Ser adulto é tomar decisões o tempo todo, e as coisas não são como você quer, e tudo bem.  Naturalmente você cresceu, porque as crianças crescem, e quando não ocorre esse processo natural elas precisam de assistência medica. O natural não precisa de explicação. Você cresceu e isso não precisa ser explicado, mas se você não tivesse crescido sim, precisaria.
Assim é a vida do seu inicio ao seu fim, se você não crescer com tudo o que naturalmente é imposto pela vida, tem algo de errado com você. Mas se você atender a sua natureza de crescer mediante o desconhecido, apenas porque tem que ser assim, você evolui, liberta-se, muda de fato.
Sabe, essa coisa de nada ser para sempre não deveria ser um fardo. Sim, nada é eterno. Infelizmente isso se aplica aos seus pais e seu cachorro, mas também se aplica a tudo que você carrega nesse seu coração cansado, essas mágoas, e essa vontade de desistir daquilo que você tem como sonho. Essa fase ruim vai passar, mesmo que você não quisesse. E mesmo que você prefira ficar no seu cantinho, porque os hormônios já te fizeram crescer, você não vai. Porque isso é para você crescer, mudar, isso nunca para. Ou melhor, para sim, porque nada é eterno. Mas o controle do fim das coisas e da vida, você não tem. Talvez porque você não deva controlar e questionar, apenas aprender o que esta lhe sendo apresentado. Assim como você aprendeu a mastigar quando nasceram seus dentes, e andar de bicicleta quando tiraram aquelas rodinhas. Aprender com o natural da vida evita que fiquemos aquém de nos mesmos. Nada é para sempre...ufa, então posso aprender sem culpa!



Veronica Stivanim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...