Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Pobre Menina

Pobre menina...
Nada soube da vida,
Não soube do amor,
Não achou a saída.
Pobre menina...
Sorria amarelo,
Caiu de joelhos,
Nunca levantou.
Pobre menina...
Tranças compridas,
Tarefa cumprida,
Rua vazia.
Pobre menina...
Magoada com o mundo,
Chorou absurdos,
Ninguém estava lá.
Pobre menina...
Nada fez direito,
Nunca acertou,
Tão cheia de defeitos.
Pobre menina...
Seu amor não vale nada,
Bebe águas passadas,
Está se afogando.
Pobre menina...
Seu sorriso esconde um desespero,
Toda noite tem pesadelos,
Nunca soube se encontrar.
Pobre menina,
Esperou felicidade,
Foi só metade,
Não se deixou ser inteira.
Pobre menina rica,
Pobre menina pobre,
Pobre menina iluminada,
Pobre menina mal amada.
Pobre menina mulher,
Pobre inocência explorada.
Pobre maldade tão doce,
Pobre sonhos no chão,
Pobre amor de outrora,
Pobre de quem tem coração.
Pobre falta de amor,
Pobre é toda ilusão,
Pobre menina linda,
Nunca soube o quanto é linda.
Pobre vida que morre,
Pobre morte pedida.
Pobre menina...
Nunca soube s…

Sentir e Ser

Tudo bem se o mundo acabar amanhã,
Tudo bem se ele nunca se esvair.
Tudo bem se você for embora,
Eu nunca vou te impedir.
Tudo bem se ninguém ficar,
Eu sou sozinha mesmo.
Eu fiz questão de coisas que nem lembro,
Eu não soube dar um tempo.
Essa história de dar tempo ao tempo,
Quem consegue saber?
Eu espero morrer em paz,
Pela aceitação do aprender.
Nem sempre essa vida faz sentido,
Troquei de fantasia e nem sei
Qual  realidade eu fiz,
Qual a verdade que deixei para trás?
Todos passam por aqui,
Eu sou apenas um caminho.
Pisaram nos meus sonhos,
e meu coração está vazio.
Tudo bem se esse amor acabar,
É isso que eu espero dele.
Tudo bem se eu sentir no coração,
Sou grata por aprender sobre a gratidão.
Tudo bem se amanhã eu morrer,
Seria um alívio para meu futuro incerto.
Mas se a certeza da vida é a morte,
Quem você tem de fato?
Tudo bem se parece que nunca,
Eu me acostumei a contornar pedras.
Sou um rio seguindo para lugar nenhum,
Sem um mar para encontrar.
Pode me culpar, se isso te fi…

Mais Um Rapaz

Só me amam me deixando.
Só me consideram indo embora.
Só me querem me desprezando.
Só é inverno sem aurora.
Só é passado se não fizer diferença.
Só é futuro se for mais do que pensa.
Só é verdade se alguém desacreditar.
Só é mentira se voltar.
Só é começo se nunca foi.
Só é recomeço se houve perdão.
Só é erro se magoou.
Só é aprendizado se apertou o coração.
Só é saudade se ficou eterno.
Só é momento se tiver valor.
Só é ilusão se for correspondido,
Se for inútil deve ser esse tal de amor.
Só me amam me largando.
Só é amigo me deixando.
Só faz falta se for eterno.
Se for um dia, deixa estar.
Só é o que é, se for de fato.
Só é amor se sair do retrato.
Só é filho se veio de um parto.
Só é mãe se amar de fato.
Só é amor se for real.
A ilusão é mais macia.
Só faço falta depois que eu fui.
Só é desencontro, se foi bom um dia.
Só me amam com palavras.
Só é palavra se for escrita.
Só tem valor se  acabar.
Só tem choro, se houver despedida.
Nem todo partir é um rompimento.
Só é final, se não…

Vazio do agora

Existe um vazio no agora.
Agora é o lugar certo para estar.
É no agora que precisamos viver.
É fazendo agora que podemos planejar.
Agora eu estou bem,
Mas um pouco perdida.
Me dou conta que não foi ontem,
Aquela nossa despedida.
Sem as paredes da ilusão,
Fiquei exposta à realidade.
Não tem erro, nem perdão.
Agora não tem nem mais verdade.
No agora não tenho nada,
Mas no agora não mora esse passado.
Foi tudo tão doloroso,
E agora parece um caso mal contado.
No agora mora um vazio.
Parece que não há mais ninguém.
As pessoas estão tão ocupadas.
Agora nem dos meus sonhos eu sou refém.
Agora eu tenho toda a certeza,
De que eu preciso mover a vida.
Agora que eu já não tenho importância,
É hora de sair dessa areia movediça.
No agora não existe nada.
Deve vir desse nada o poder.
Agora tudo se transforma,
Você pode fazer, ser e ter.
Quando o meu passado estava no colo,
Eu tinha uma criança a quem ninar,
Agora que ele não faz sentido.
Sou eu a criança a engatinhar.
No agora tem uma mistura boa