terça-feira, 16 de maio de 2017

Pobre Menina

Resultado de imagem para menina de trança

Pobre menina...
Nada soube da vida,
Não soube do amor,
Não achou a saída.
Pobre menina...
Sorria amarelo,
Caiu de joelhos,
Nunca levantou.
Pobre menina...
Tranças compridas,
Tarefa cumprida,
Rua vazia.
Pobre menina...
Magoada com o mundo,
Chorou absurdos,
Ninguém estava lá.
Pobre menina...
Nada fez direito,
Nunca acertou,
Tão cheia de defeitos.
Pobre menina...
Seu amor não vale nada,
Bebe águas passadas,
Está se afogando.
Pobre menina...
Seu sorriso esconde um desespero,
Toda noite tem pesadelos,
Nunca soube se encontrar.
Pobre menina,
Esperou felicidade,
Foi só metade,
Não se deixou ser inteira.
Pobre menina rica,
Pobre menina pobre,
Pobre menina iluminada,
Pobre menina mal amada.
Pobre menina mulher,
Pobre inocência explorada.
Pobre maldade tão doce,
Pobre sonhos no chão,
Pobre amor de outrora,
Pobre de quem tem coração.
Pobre falta de amor,
Pobre é toda ilusão,
Pobre menina linda,
Nunca soube o quanto é linda.
Pobre vida que morre,
Pobre morte pedida.
Pobre menina...
Nunca soube se amar,
Só precisava saber de si,
Para aprender a voar.
Pobre de quem corta as asas,
Pobre de quem não aceita a dor.
Pobre de quem tem riqueza,
E é pobre de amor.

Sentir e Ser

Resultado de imagem para passaro voando sombra

Tudo bem se o mundo acabar amanhã,
Tudo bem se ele nunca se esvair.
Tudo bem se você for embora,
Eu nunca vou te impedir.
Tudo bem se ninguém ficar,
Eu sou sozinha mesmo.
Eu fiz questão de coisas que nem lembro,
Eu não soube dar um tempo.
Essa história de dar tempo ao tempo,
Quem consegue saber?
Eu espero morrer em paz,
Pela aceitação do aprender.
Nem sempre essa vida faz sentido,
Troquei de fantasia e nem sei
Qual  realidade eu fiz,
Qual a verdade que deixei para trás?
Todos passam por aqui,
Eu sou apenas um caminho.
Pisaram nos meus sonhos,
e meu coração está vazio.
Tudo bem se esse amor acabar,
É isso que eu espero dele.
Tudo bem se eu sentir no coração,
Sou grata por aprender sobre a gratidão.
Tudo bem se amanhã eu morrer,
Seria um alívio para meu futuro incerto.
Mas se a certeza da vida é a morte,
Quem você tem de fato?
Tudo bem se parece que nunca,
Eu me acostumei a contornar pedras.
Sou um rio seguindo para lugar nenhum,
Sem um mar para encontrar.
Pode me culpar, se isso te fizer bem.
Eu já não me importo com o externo.
Dentro de mim encontrei alguém,
Que é um ser eterno.
Tudo bem se o mundo acabar,
O meu mundo já sofreu tsunamis e furacões.
Nem sempre todo mundo estará bem,
Sorrisos escondem corações.
Antes do mundo acabar,
Eu aprecio a paz de não desejar.
Deixe-me nesse vazio calculado,
Eu sei que posso voar.
Talvez o mundo não acabe amanhã,
Talvez eu seja feliz.
Tudo bem se você navegar,
Eu tenho na alma a cicatriz.
Talvez não  acabe o mundo,
Eu é que preciso transcender,
Eu preciso descobrir o que vem depois,
Você se vai, eu preciso ser.
Não ter, pensar, falar...sentir e ser.



Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...