sexta-feira, 9 de junho de 2017

Serei essa

Resultado de imagem para mulher triste pensando de costas

Serei sempre essa,
Serei sempre a perda.
Serei sempre a que muda,
para ser a mesma.
Serei sempre a passagem,
Sou uma chuva.
Serei sempre a ilusão,
Serei sempre a surda e muda.
Serei sempre a que não sabe,
De que adianta tanto saber?
Serei sempre a que não cabe,
No mundo e modo de viver.
Serei sempre a que nunca foi,
Serei aquela que nunca fui;
Serei sempre a escuridão,
e sempre minha própria luz.
Ainda que veja beleza
Nas pequenas coisas da vida.
Serei a incerteza,
A morte sem despedida.
Somos todos passagens.
Mas para onde estamos indo?
Serei a que nunca sabe,
Qual estrada está seguindo.
Serei sempre a que fica.
Em algum lugar que desconheço.
Serei a que despreza a luta,
e luta por nada que mereço.
Serei a perda, o sangramento.
O aborto retardado do filho não gerado,
A luz seca que fura os olhos,
A inocência que não sobrevive ao caos.
Serei aqueles que passaram por mim,
Serei aquela doce vingança.
Serei a que rouba os sapatos alheios,
e que sobre estilhaços ensaia uma dança.
Serei o resultado de tudo que perdi,
Muito mais do que o que ganhei.
Serei orgulhosamente apresentada,
Como o resultado do que eu falhei.
Serei nada, porque ninguém é,
Sempre estamos e nada somos.
Serei o nada, apenas mulher.
Sendo esse tudo o que me consome.
Serei mais do que as consequências,
Serei a dona de todos os nãos.
Serei o apego a independência.
A compreensão de tudo em vão.
Serei o ar da manhã e dor da noite.
Serei o que é toda mulher,
Um misto de sentimentos,
Serei a que quer não querer e não quer.
Serei a escolha sem alternativa,
Serei de ninguém só para ser minha.
Serei tanta perda de sangue estancado.
Serei mais que a pessoa ao meu lado.
Serei essa que pede perdão,
Mas que não aprendeu a perdoar,
Serei a que arranca um coração,
Na contradição de tentar amar.

Presença

Não sabia a diferença entre a presença e o nunca estar. Eu não soube desde sempre, Eu nunca estava lá. Só algo que já passou, Ou semp...